• Número da clínica

    (38) 3222-0133
04/01/2019

Camila Rodrigues revela que acaba de congelar seus óvulos. Entenda:

Foto: Reprodução – Confira o que Camila Rodrigues disse sobre sua decisão de congelar óvulos

A atriz Camila Rodrigues optou por congelar os óvulos para realizar o sonho de ser mãe no futuro

A atriz Camila Rodrigues, 35 anos, revelou que acaba de congelar seus óvulos. Ela contou que fez isso para garantir a realização do seu sonho de se tornar mãe. “Agora serei mãe, que é o grande sonho da minha vida”, explicou a atriz em entrevista a revista Caras.

Camila namora o diretor de negócios Ighor Payola, 33 anos, há dois anos. Ela contou que o casal irá tentar engravidar naturalmente, mas que optou por já congelar os óvulos como uma garantia. “Pode ser que nem use os óvulos congelados, mas é a garantia do meu sonho”, explicou a atriz na entrevista.

A atriz ainda falou sobre as expectativas em relação à maternidade. “Realmente não tem como a gente saber! As únicas certezas que tenho é que no momento que descobrir que estou grávida vou chorar uma semana de felicidade e quando o neném nascer vou chorar mais uma semana de felicidade e de desespero ao mesmo tempo. Mas tenho uma família maravilhosa que vai me apoiar muito”, disse a atriz.

Congelamento de óvulos é uma ótima opção para quem quer esperar

Atualmente, cada vez mais mulheres optam por ter filhos mais tarde, especialmente por causa da carreira. Para mulheres que pretendem se tornar mães mais velhas, o congelamento de óvulos é uma ótima alternativa. O método também é recomendado para mulheres com histórico de menopausa precoce na família ou que passarão por tratamentos oncológicos, radioterapia e quimioterapia.

Congelar os óvulos antes dos 35 anos é o ideal, pois infelizmente a qualidade dos óvulos tende a diminuir com o passar dos anos.

O congelamento de óvulos aumenta as chances de mulheres que optaram pela gravidez tardia conseguirem engravidar de forma saudável. “As taxas de aborto e má formação seriam maiores conforme o tempo, porém uma vez que os óvulos congelados são usados as chances de gravidez, aborto e má formações são as iguais as da época em que o congelamento foi realizado, não importando a idade da mulher no momento de utilizá-los”, explica o médico Maurício Chehin, especialista em reprodução humana do Grupo Huntington.

Quem deseja realizar o congelamento de óvulos deve primeiramente procurar um especialista em reprodução humana para fazer uma avaliação da fertilidade. “A seguir a mulher irá passar por um processo de estimulação ovariana antes de fazer a coleta dos óvulos para congelá-los, o que deve ocorrer dentro de quinze dias após o início da estimulação”, explica Chehin.